8 Segredos das feras da Beleza

23.9.13

Olá meninas tudo bem?


Dos scanner de cabelo ao esmalte que dura duas semanas, as novas técnicas, as tendencias e os produtos indicados pelos grandes profissionais de estética da capital. Carolina Romanini


A cidade de São Paulo tem 80917 salões de beleza e estética ( Sebrae). A expansão reflete o aquecimento da demanda por produtos e serviços do setor.
Segundo uma pesquisa feita pela marca Pantene, da Procter & Gamble,no qual foram ouvidas cerca de 1000 paulistanas, descobriu-se que elas gastam em média, até trinta minutos por dia para cuidar do visual. Além disso,metade das entrevistadas diz que vai a um endereço especializado mais de uma vez por mês, para tratar dos cabelos,mãos e da pele.


Agora vamos as 10 técnicas:


1. Diagnóstico Capilar
Antes exclusivos dos consultórios médicos, os aparelhos de imagem que permitem avaliar o couro cabeludo e a fibra capilar sob lentes de aumento digitais, capazes de ampliar em até 300 vezes a visão da área analisada, chegaram agora aos salões de beleza. Um dos primeiros a adotar o equipamento foi o Studio W, em Alphaville. “Muitas das queixas das clientes podem ser resolvidas no salão, como fios quebradiços, falta de brilho ou couro cabeludo oleoso. Por isso, eu quis trazer essa avaliação mais profunda para cá”, explica o cabeleireiro Wanderley Nunes, proprietário do endereço.

 Tratamento Fortificante, da nova linha Pantene Age Defy: combate os cabelos envelhecidos
2. À prova da Idade

A marca Pantene é uma das que vão mais longe na área de pesquisas sobre o envelhecimento dos cabelos. Em estudo feito ao longo de treze anos, seus cientistas descobriram que a perda de melanina dos fios não é o único sinal visível do envelhecimento das mechas. Com a idade, ocorrem mudanças também na espessura, redução de volume e menos produção de glândulas sebáceas, fundamentais para proteger os cabelos de agressões físicas (como secador e chapinha) e químicas (poluição e alisamentos, entre outras). Como resultado desse trabalho, a linha Pantene Age Defy chegou às lojas da cidade neste mês. À base de antioxidantes, vitaminas e proteínas, o Tratamento Fortificante Avançado custa 54,90 reais e age como um sérum finalizador. 
3. Gotas Milagrosas
A descoberta dos poderes do óleo de argan, retirado de árvore da espécie Argania spinosa, comum no Marrocos, revolucionou nos últimos anos o mercado dos tratamentos para o cabelo. Está à venda por cerca de 100 reais em vidros pequenos, de 25 mililitros. A aplicação de poucas gotas ajuda a recuperar vitaminas, proteínas e ácidos graxos essenciais para a saúde dos fios. Começaram a surgir agora inúmeras variações do negócio, como os óleos de murumuru, de cípero, de obliphica e de palma, entre outros.
4. A Volta dos Bobes
 O cabeleireiro Marcos Proença: aumento de mais de 20% na procura por tratamentos naturais, como os cachos feitos com rolos de algodãoEnquanto grande parte do mercado investe em tecnologias sofisticadas, há um segmento que se preocupa em revisitar o passado. Nessa linha, o babyliss vem saindo de cena na hora de cachear as mechas. No lugar, os velhos bobes e rolos de algodão voltaram com tudo. Eles asseguram um resultado mais natural.
É uma forma de acabar com a ditadura do cabelo chapado e, de quebra, fugir do padrão Barbie. “O resultado vai ser a beleza natural realçada, não uma princesa que desaparecerá à meia-noite”, explica Marcos Proença. Em seu salão, os atendimentos a clientes que pedem mechas cacheadas à moda antiga aumentaram 20% só neste ano. As adeptas são as mulheres de cabelos mais finos e enfraquecidos, que não querem danificar os fios

.5. Maquiagens Inteligentes
Nos anos 90, a maquiagem era considerada inimiga da saúde da pele. Ao fim de um dia, formava uma barreira de pó que obstruía os poros. De vilã, passou a ser aliada no tratamento da pele. Hoje, ajuda a combater o envelhecimento e atenuar manchas. Os BB creams são os mais famosos integrantes dessa família, cuja lista inclui protetor solar, corretivo, antioxidante e hidratante.
6. Loiro Democrático
O dilema de muitos quarentões e cinquentões: assumir o grisalho ou tentar uma tintura, sob o risco de ficar com o visual acaju? Para quem deseja colorir os fios sem ganhar aquela pinta de Silvio Santos, a indústria da beleza criou uma solução intermediária. São os produtos que ajudam apenas a camuflar os fios brancos. Exemplo disso é o kit Grey Blend (60 reais), da marca alemã. Ele tem seis cores e pode ser aplicado em casa ou no salão. 
7. Hidratação Injetável
Grande descoberta dos anos 80, o ácido hialurônico ganhou, recentemente, uma fórmula sintética mais fluida, que permite resultados com um grau maior de naturalidade em tratamentos de preenchimento. “As pessoas que abusaram muito dele no passado agora querem voltar atrás no visual ‘plastificado’”, conta a dermatologista Luciane Scattone, que atende em um consultório no Itaim.
Hoje, o produto é usado apenas para atenuar — não eliminar — linhas finas, marcas de expressão e a flacidez. “É tão leve que o apelidamos de hidratação injetável”, diz a médica. Os procedimentos com a nova geração do produto custam entre 600 e 1 500 reais, de acordo com a região escolhida.
8. Os Genes na Beleza
O exame genético pode revelar o futuro da beleza e da saúde da pele. Técnicas avançadas permitem hoje detectar em um garoto de 15 anos a predisposição à calvície. A clínica Centro de Genomas, na Vila Mariana, é um dos locais da cidade que oferecem esse diagnóstico. Ele custa cerca de 2 500 reais. A partir de uma amostra de tecido colhida da mucosa bucal com uma espécie de haste flexível gigante, é possível mapear até catorze características genéticas da pele. Além de calvície, são investigados problemas como flacidez e rugas, entre outros.

Eai o que acharam?

You Might Also Like

0 comentários

Seguidores

Popular Posts

Like us on Facebook